Portal da Cidade Guabiruba

Estrutura

Prefeitura de Guabiruba inaugura nova sede da Creche do Imigrante

O investimento foi de aproximadamente R$ 3 milhões.

Postado em 11/11/2019 às 18:41 |

(Foto: Divulgação )

Aproximadamente 70 crianças iniciaram esta semana desfrutando das novas instalações da Escola de Educação Infantil Tia Angélika, a creche do Bairro Imigrante. Obra bastante aguardada pela comunidade, vencidos os entraves burocráticos ela finalmente foi entregue na manhã desta segunda-feira, 11. 

Sua estrutura atende aos requisitos estabelecidos pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que tem uma série de exigências para o financiamento. A nova creche tem capacidade para até 396 crianças em dois turnos ou 188 em período integral. A faixa etária atendida é de 0 a 5 anos, ou seja, do Maternal I, II e III à pré-escola.

A área construída tem mais de 1,5 mil metros quadrados e atende a requisitos de sustentabilidade e acessibilidade, com espaços e móveis adaptados. “Um desses quesitos é o amplo aproveitamento da luz natural, com ambientes que não necessitam permanecer todo o tempo com lâmpadas acesas e que também são bem arejados”, destaca o prefeito Matias Kohler.

São dois blocos compostos por área administrativa, área de serviço, refeitório para as crianças, fraldário, lactário, espaço para amamentação e banheiros de apoio, banheiros para professores e alunos, além das oito salas de aula, sanitários adaptados para as crianças, sanitário infantil com acessibilidade e sala multiuso. O valor final investido foi de mais de R$ 2,4 milhões sendo que mais de R$ 590 mil foi de contrapartida municipal.

“Essa obra acabou se estendendo mais do que o previsto, mas hoje a entregamos com um sentimento de realização em relação à educação infantil do município. Com ela, conseguimos dar a devida atenção ao setor, com uma estrutura adequada e projeção de ampliação de vagas”, afirma o prefeito Matias Kohler. “É uma obra de suma importância para a educação guabirubense através da qual conseguiremos atender cada vez mais as necessidades dos nossos educandos”, complementa o secretário Alfred Nagel Neto. Com a entrega, a Fila Única para matrículas em creches de Guabiriba fica zerada.

Melhorias complementares

Conforme explica o prefeito Matias Kohler, para que pudesse abrir a escola, foi necessário cumprir com todas as etapas estabelecidas pelo FNDE, incluindo a prestação de contas. Agora, com a obra concluída, é permitido que a Prefeitura faça as adaptações necessárias para a realidade local, já que o projeto é de padrão nacional.

Guabiruba tem algumas particularidades que outras cidades brasileiras não têm, a exemplo de uma grande quantidade de dias chuvosos durante o ano. “Por isso, estamos agora trabalhando num projeto suplementar com melhorias que devem estar prontas até o início do próximo ano letivo”, afirma.

Nagel Neto informa ainda que as antigas instalações da Escola de Educação Infantil Tia Angélika passarão por melhorias que devem ampliar os serviços oferecidos pela Escola Reunida Municipal Vadislau Schmidt.

Fonte:

Deixe seu comentário